× theme by
“Liga não, as pessoas são assim mesmo. Umas são o que são, outras fingem que são, algumas pensam que são, tem as que querem ser, as que não conseguem ser, as que precisam ser, as que cansaram de ser e as que vão ser… E tem muito mais, acredito. Mas a melhor de todas elas, são as que são e ainda nos fazem ser. ”

- Uma mistura de drama e humor, um pouco de musica e poesia , o diario ou talvez só os sentimentos de uma garota maluca'

_____________________________
BEM VINDO (A) AO MEU MUNDO
+

deposito-de-tirinhas:

por Daniel Lafayette
http://ultralafa.wordpress.com/

http://espeliarmus.tumblr.com/post/95768995111/eu-te-amo-te-amo-com-uma-certeza-que-nao-cabe

espeliarmus:

Eu te amo.

Te amo com uma certeza que não cabe em mim e que não vai embora quando estou sóbria às duas da tarde de um domingo. Te amo como nunca antes pude amar alguém, com a liberdade de ser eu, de rir de qualquer besteira, de falar sobre qualquer assunto e de fazer qualquer programa. Eu te amo…

“Ela disse: “Estou com tanto medo…” E eu perguntei: “Por quê?” Aí, ela respondeu: “Porque estou me sentindo profundamente feliz. E uma felicidade assim é assustadora.” Voltei a perguntar por quê, e ela prosseguiu: “Só permitem que alguém seja assim tão feliz se estão se preparando para lhe tirar algo”.”
O Caçador de Pipas.  (via delator)
“Eu fico esperando você sentir minha falta todo dia.”
I Miss You.  (via delator)
“Odeio estar loucamente apaixonado por ela, odeio quando ela dá aquele sorriso maravilhoso e acaba comigo ou quando ela dá aquela jogada de cabelo provocante e me deixa doido. Odeio como os joelhos dela são perfeitos, odeio como ela lambe os lábios antes de falar, odeio o som da risada dela, odeio a aparência dela enquanto ela dorme e odeio ouvir essa musica, porque toda vez me faz lembrar do pouco tempo que estive ao seu lado. Odeio como ela me faz sentir agora: como se ainda existisse ”nós”, como se meu mundo estivesse preso ao dela e de alguma forma qualquer coisa que ela faça não me faz deixar de gostar dela. Odeio quando ela cochicha em meus ouvidos e me faz arrepiar, odeio o jeito dela, odeio quando ela pisca pra mim como se estivesse me chamando quando na verdade não está. Odeio sonhar com ela e toda vez que acordar desejar do fundo do coração que ela esteja comigo todos os dias; odeio quando ela me abraça e meu coração começa a bater cada vez mais rápido e mais forte; odeio quando ela me beija e faz meu corpo todo estremecer; odeio a forma que a boca dela fica depois de uma risada. Odeio olhar nos olhos dela e não saber o que eles querem me dizer e odeio ver todos os filmes simplesmente por saber que sempre, todo sempre irei lembrar dela. Dizem que para esquecer alguém que você goste muito, você precisa transformá-lo em literatura. Sendo assim, escreverei livros a minha vida toda e mesmo assim não conseguirei me livrar de você.”
500 days of Summer.  (via esplandecer)
“Eu acredito em você, mas você mente. Eu espero e você não vem. Eu te chamo e você não ouve. Mas eu acredito no nosso amor, você ainda vai tomar jeito. Eu acredito me enganando, eu te amo sem você me amar.”
Caio Augusto Leite. (via inverbos)